Posts com Tag ‘raul seixas’



Em 9 de outubro de 1977 o videoclipe “O Dia Em Que a Terra Parou” foi exibido com exclusividade no programa dominical da Rede Globo, o Fantástico, título homônimo de seu sétimo álbum de estúdio lançado pelo Warner Music Brasil; foi também o primeiro álbum inteiramente realizado com um único parceiro na composição das músicas, Cláudio Roberto, velho amigo de Raulzito.

A letra da música faz referência a um sonho que Raul teve onde a Terra teria parado e ninguém sairia de casa. Ninguém. Esta canção foi relembrada com ares de profecia e teve sua popularidade alavancada pela pandemia de COVID-19, agora em 2020.

Raul Seixas, morto há 31 anos, em 21 de agosto de 1989, em seu apartamento em São Paulo, permanece mais vivo do que nunca mesmo depois de três décadas de seu falecimento. Isso se deve, além de toda sua genialidade, aos milhares de fãs que se espalham pelo mundo a fora, principalmente em todo o Brasil. E foi justamente pensando nisso que Vivi Seixas, caçula das três filhas de Raul, resolveu homenagear o pai e seus fãs com um videoclipe colaborativo inspirado na pandemia que assola o mundo atualmente. Uma nova leitura da “profética” O Dia Em Que a Terra Parou que hoje, 27 de agosto, estréia no canal oficial de Raulzito Rock Seixas no YouTube.

Toca Raul!
Long Live Rock and Raul!



Raul Rock Seixas faleceu em 21 de agosto de 1989 em seu apartamento na Rua Frei Caneca, região central de São Paulo. Desde então, fãs em todo o Brasil, e até em outros países, prestam homenagens ao Maluco Beleza em variados tipos de eventos sempre com grande público presente. Este ano, apesar da pandemia global, fãs e artistas em geral, prestarão suas homenagens através de LIVEs nas redes sociais e também em Podcasts e várias emissoras de rádio e TV.

Abaixo apenas alguns dos eventos que nos foram enviados com pedido de divulgação.

Toca Raul!

Long Live Rock and Raul.














 

 

 


Em 21 de agosto completam-se 31 anos da morte de Raul Seixas e fãs em todo o Brasil estarão prestando homenagens ao Maluco Beleza mesmo com a pandemia de COVID-19. A famosa Passeata RaulseixisticKa de São Paulo entre outras que acontecem em várias cidades brasileiras foram canceladas e serão feitas virtualmente em várias plataformas no formato maratona com bandas, entrevistas e depoimentos de figuras importantes no universo raulseixtista.

Vivi Seixas, a caçula das três filhas de Raulzito, também estará prestando homenagem ao pai com o lançamento de um videoclipe colaborativo inspirado na pandemia que assola o mundo atualmente. Uma nova leitura da “profética” O Dia Em Que a Terra Parou, o dia em que ninguém saiu de casa. Ninguém. Vivi já havia prestado homenagem ao pai em junho, no aniversário de nascimento de Raul, lançado canais oficial no YouTube, Instagram, Facebook, Spotify e Twitter e em breve colocará no ar site e produtos oficiais.

Abaixo algumas das homenagens a Raul Rock Seixas nesses tempos pandêmicos. Ou como diria Raul: “Esse caos vigente é o sinal de que algo novo está vindo por aí.”

Toca Raul!

Long Live Rock and Raul!


No próximo domingo (28) Raul Seixas, se vivo, estaria completando 75 anos de idade. Se não estivéssemos vivendo tempos de pandemia por conta do Covid-19, eventos e LIVEs em todo o país estariam acontecendo comemorando o aniversário de nascimento do Maluco Beleza com público garantido. Como eventos públicos estão proibidos restou as LIVEs com shows e bate papo com amigos, músicos, familiares e fãs especialistas na vida e obra de Raulzito. Desde o início deste mês que milhares de homenagens a Raul estão acontecendo em todas as plataformas e nessa semana, até 30 de junho, as homenagens inflamam dado o volume gigantesco de eventos virtuais já agendados.

Redes Sociais oficiais.
Vivi Seixas, caçula de Raul Seixas (Raul teve 3 filhas), lançará também perfis oficiais no Twitter, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify como forma de homenagear o pai e presentear os milhares de fãs espalhados pelo mundo.

Abaixo listamos apenas alguns que nos foram enviados, mas inúmeros outros também estarão acontecendo em todas as redes sociais. Uma rápida busca no Google Notícias já dá pra ter uma noção de alguns dos eventos lá noticiados.

Clique nas imagens para mais informações.


Domingueira com os Putos BRothers Araújo & Passos
7 de junho de 2020 – 14h00

YouTube: https://www.youtube.com/c/sylviopassos02

Link da LIVE: https://youtu.be/tvOcPhH_qTs

Apoio:
Bar de Vidro
https://www.facebook.com/vandrepiratahotmail/

Red Lion Pub
https://www.facebook.com/Red-Lion-Pub-Oficial-193518274077406/

#araujoepassos
#putosbrothersband


Nomes do Rock Brasileiro e internacional já fazem parte da cultura carnavalesca brasileira há alguns anos. No carnaval em todo o Brasil blocos de todas as tribos tomam conta das ruas em todo país e Raul Seixas está presente em grande parte dos blocos. Blocos antigos e novos blocos além de eventuais homenagens nas grandes Escolas de Samba.

Muitos dos roqueiros, que detestam carnaval, se posicionam contra tais manifestações carnavalescas envolvendo Raulzito Rock Seixas, visto que o próprio Raul detestava carnaval. Mas, por outro lado, muitos outros fãs do Maluco Beleza apoiam a ideia e criam blocos em homenagem ao ídolo. Existem vários blocos homenageando Raul em todo o Brasil. Um deles, e talvez o mais famoso é o carioca “Toca Rauuul!” que está em São Paulo na semana que vem, quinta-feira (20), no SESC Pompéia (Rua Clélia, 93) no evento gratuito de lançamento do livro “Raul Seixas – Não diga que a canção está perdida”, biografia recém-lançada pela Editora Todavia, do jornalista Jotabê Medeiros.

Aniversários de Sylvio Passos e Cleber Lessa

14 de fevereiro de 2020 – O BICHO VAI PEGAR!
Putos BRothers Band no Santa Sede
Repertório Variado + TOCA RAUL!

Abertura da casa: 18h00
Show Time: 21h00
Valor Único: $10

Santa Sede Rock Bar
Av. Luiz Dumont Villares, 2104
Estação Parada Inglesa
São Paulo – SP
Tel: (11)98485 1459 – (11)97134 0217 Cleber & Fernando
Evento Facebook: https://www.facebook.com/events/869010840183643/

Novo canal de Sylvio Passos no YouTube. Papos EtílicKOs. Vá lá curta e compartilhe os vídeos.

Raul Seixas homenageado pela Mocidade Alegre no Carnaval de 1995.



No próximo sábado (25), a cidade de São Paulo completará seu 466º aniversário. Entre os inúmeros eventos culturais que estarão celebrando o aniversário da mais importante cidade brasileira, dois são dedicados a Raul Seixas: O evento gratuito no Parque do Ibirapuera – “Orquestra no Parque – Colgate Clássicos – Toca Raul” com a Orquestra Arte Viva, regência de Amilson Godoy, Frejat e Luiza Possi, no domingo (26) e a inauguração do painel gigante, com foto inédita de Raul feita por Rui Mendes em 1987. O gigantesca imagem de Raul Rock Seixas está estampada na lateral de um prédio no final do Viaduto Santa Ifigênia, próxima estação São Bento do Metrô e do Mosteiro São Bento, que já está em fase final e pode ser visto por todos que por lá passam. Abaixo excerto da matéria publicada na Folha de São Paulo de 18 de outubro de 2019 apresentando projeto.

(…)
O também fotógrafo Rui Mendes, 57, conhecido por suas imagens do rock brasileiro dos anos 1980 e 1990, será, a um só tempo, sujeito e objeto de celebração.

No ano em que completa 40 anos de profissão, terá uma foto que tirou de Raul Seixas em 1987 ampliada para cobrir a empena de um edifício no centro da cidade. A ideia inicial é a de instalar essa imagem, inédita, em um prédio na região do viaduto Santa Ifigênia.

O retrato faz parte de uma série de fotos que Mendes tirou na casa do músico baiano no Butantã, na zona oeste de São Paulo. Em 2019 completam-se 30 anos da morte de Seixas.

“Foi uma sessão muito despojada. Cheguei à casa dele e a mulher dele pediu para eu acordá-lo. ‘Como assim, acordar o Raul?’ Subi a escadaria de uma edícula e ele estava lá, dormindo em uma cama de casal, e acordou já posando para as fotos”, relembra Mendes.

Outras homenagens a Raulzito Maluco Beleza acontecem na cidade, mas sem nenhuma ligação direta com os eventos oficiais pelo aniversário da metrópole. Um deles é o show “Raul Vivo, de Chico Salem, que estreou no ano passado com grande sucesso de público por onde passou. O Show “Raul Vivo” será apresentado na sexta-feira (24) no Bona (Rua Álvaro Anes, 43, Pinheiros) a partir das 20h30.

Já no sábado (25), a partir das 22h00, o já tradicional QG RaulseixisticKo da Rua Augusta, o famoso Bar do Kaká – ou Bar do Raul, presta sua homenagem com entrada gratuita com o show de Danielzito Seixas Acústico + participação especial de Sylvio Passos. Rua Augusta, 514.

Parabéns São Paulo!
Long Live Rock and Raul!



Para homenagear Raul Seixas e celebrar o aniversário da cidade de São Paulo, a Orquestra Arte Viva convida os artistas Frejat e Luiza Possi para um show que mistura o popular e o erudito. Intitulada Colgate Clássicos – Toca Raul, a apresentação conta com a regência de Amilson Godoy e traz no repertório músicas como “Metamorfose Ambulante”, “Maluco Beleza” e “Sociedade Alternativa”.

O show é gratuito e acontece na plateia externa do Auditório Ibirapuera, no Parque Ibirapuera, também em celebração do aniversário de 466 anos de São Paulo.

Frejat

Guitarrista, compositor e cantor, Frejat é autor de clássicos como “Bete Balanço”, “Pro Dia Nascer Feliz”, “Segredos” e muitos outros. Iniciou sua carreira aos 19 anos como integrante do Barão Vermelho, ao lado de Mauricio Barros, Dé Palmeira, Guto Goffi e Cazuza, um de seus principais parceiros. Em 1985, o artista carioca assumiu o papel de intérprete da banda, com a qual seguiu colecionando sucessos. Em 2001, iniciou sua carreira solo com o álbum que conquistaria disco de ouro, “Amor Pra Recomeçar”, e em 2017 estreou a turnê “Tudo se Transforma” com um grande show no Rock in Rio.

Orquestra Sinfônica Arte Viva

A Orquestra Sinfônica Arte Viva, criada em 1996 pelo Maestro Amilson Godoy, tem como objetivo dar um tratamento mais elaborado à música popular, com o intuito de formar um público mais exigente. “Quando falamos de uma Orquestra Sinfônica temos o hábito de relacionar esta manifestação musical à música clássica. O requinte musical, com raras exceções, privilégio da música erudita, deve estar presente também na música popular”, define o maestro, resumindo o conceito pilar da criação de sua orquestra.

A Orquestra Sinfônica Arte Viva transita entre estes dois gêneros musicais e já se apresentou com os mais representativos músicos do Brasil e do exterior. Entre os quais: Arthur Moreira Lima, Yamandu Costa, Milton Nascimento, Ivan Lins, Zimbo Trio, Elba Ramalho, Dominguinhos, Maria Rita, Lulu Santos, Rita Lee, Skank, Jota Quest, Gilberto Gil, Gal Costa, Daniela Mercury, Zélia Duncan, Stanley Jordan e George Benson e John Pizzarelli.

Luiza Possi

Luiza Possi, filha de Zizi Possi, tem 15 anos de carreira. Com seis álbuns lançados, a cantora, que transita entre o pop e o jazz, acumula sucessos como Dias Assim, Tudo que há de bom, A vida é mesmo agora: ao vivo. A sua trajetória rendeu diversas indicações ao Grammy Latino, nas categorias Melhor Artista Revelação, Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro e Melhor Álbum de Música Popular Brasileira. Já ganhou troféus como o de Cantora Revelação, do Prêmio Multishow 2003, e de Melhor Cantora – Voto Popular, do Prêmio Tim de Música, recebido em 2006. A cantora também atua na TV como apresentadora e também no teatro, no musical Divas, dirigido por Jarbas Homem de Mello, que ficou em cartaz no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo.






Pedro Bial sempre se posicionou como fã incondicional de Raulzito Rock Seixas desde a década de 1980. Nesses 30 anos da morte de Raul, Bial não poderia deixar de prestar sua homenagem ao Maluco Beleza em seu programa na Rede Globo, Conversa com Bial. Aliás, desde julho/agosto que Bial e sua equipe vinham planejando essa homenagem. Finalmente rolou a gravação na quarta-feira (4) e o programa será exibido terça-feira (17) após o Jornal da Globo.

A gravação foi carregada de muita emoção e histórias incríveis contadas por Sylvio Passos, Carlos Eládio, Rick Ferreira e Odair José, além das do próprio Pedro Bial. Programa imperdível para terça-feira a noite seja em casa ou nos bares do Brasil.

Na mesma sexta-feira, acontece em Indaituba/SP, no Boteco do Barão, Tributo a Raul Seixas + Clássicos do Rock com a Putos BRothers Band TheWhoBandoTudo!

Já na outra sexta-feira, 20 de dezembro, será a vez dos Putos BRothers Araújo & Passos e os BRothers da banda Cachorro Urubu apresentarem homenagem a Raul Rock Seixas no já famoso Bar do Kaká (Bar do Raul), QG RaulseixisticKo na Rua Augusta, 514 e com entrada totalmente grátis.

Os Putos BRothers ainda estão para fechar os dias 21, 22 e 23 em alguns outros bares em São Paulo, fiquem atentos nas redes sociais (Facebook e Instagram) da Putos BRothers Band.

É isso!

Toca Raul!


Foto: Kika Seixas - 1981, Brooklin, São Paulo/SP

Foto: Kika Seixas – 1981, Brooklin, São Paulo/SP

— Raul, você resolveu sair pra comprar umas cervejas e uns cigarros e nunca mais voltou, porra! Já se passaram trinta anos e a galera está aqui esperando até hoje essas malditas cervejas e esses cigarros. Inclusive uma galera nova chegou por aqui também. Cadê você, cara?! Por onde andou esse tempo todo?

— Porra, Sylvícola! Você está de sacanagem, né? Eu te avisei, antes de sair, que eu não voltaria mais pra essa merda. Que eu já estava de saco cheio disso tudo, dessa esculhambação generalizada. Que tudo que eu fiz foi em vão. Acho que você estava chapado demais e nem ouviu o que eu disse.

— Não… Não… Não, Raul. Eu tomei só umas quatro, ou dezoito, dosezinhas do velho e bom Jack e me lembro perfeitamente quando você pegou aquela sacolinha de tecido, feita de cânhamo, com a cara do Elvis estampada e que você tinha comprado na Califórnia. Você nem fechou a porta, apenas a encostou, e eu consegui ver você caminhando no corredor todo iluminado em direção ao elevador. Eu não tô doido, não, maluco. Você entrou naquele elevador e nunca mais voltou.

— Beleza… Beleza, Sylvícola. Quando acabar o maluco sou eu, como sempre foi. Mas, e aí, BRother? Estou aqui só de passagem, coisa rapidinha mesmo, visita de médico, saca? Só vim bater um papo contigo e já estou vazando pra, mais uma vez, nunca mais voltar. Uma tristeza gigantesca tomou conta de mim e, por isso, resolvi sumir sem avisar ninguém, porque tudo estava óbvio demais. Tudo muito previsível, e isso já vinha me enchendo o saco há muito tempo, entende? Você sabe disso.

— O.k., Raul. Entendo perfeitamente. Eu também venho sentindo essa mesma obviedade generalizada de uns anos pra cá. O mundo anda pra trás a cada nova eleição, seja ela onde for. A parte burra da humanidade continua se superando em sua especialidade. A outra parte, supostamente mais esclarecida, está totalmente corrompida e isso aponta que, logo mais, estará se juntando ao pessoal da ala jumenta. Todos caminhando rumo ao inevitável. É, Raul, a estupidez humana continua pra lá de ativa e assustadora.

— Entende agora porque eu tive que me mandar dessa merda, Sylvícola? De que valeu todo aquele “sonho que se sonha só”? De repente esse sonho virou um pesadelo sem fim. Eu não tinha outra saída, porra! Me retei com todos, inclusive comigo mesmo. Me senti um idiota, falando pra sonhadores que, mais tarde, se descobririam enganados ou idiotas também, saca?

— Caralho, Raul! É exatamente isso que eu estou vivendo, sentindo. Ainda não estou com essa vontade de jogar a toalha. Ainda não. Embora já esteja cansado dessa repetição, desse disco riscado. Mas eu sempre dou um toque sutil nele, e a música continua — até encontrar o próximo risco.

— Sylvícola, tenho que ir. Me demorei demais aqui com você. Foi bom te reencontrar depois daquela nossa última “conversa”, há trinta anos, quando não trocamos uma única palavra, não falamos absolutamente nada, mas falamos tudo. Foi a melhor conversa de toda a nossa vida. Fui! Ah… Toca Putos! E sempre se lembre: quando entrar num buraco de rato, de rato você tem que transar.

— Raul… Raul… Você esqueceu sua sacolinha de tecido, feita de cânhamo, com a cara do Elvis estampada…

Hummm… Você vai voltar pra pegar essa porra de sacolinha.

IN: https://todavialivros.com.br/visite-nossa-cozinha/meu-amigo-raul-por-sylvio-passos

Meu Amigo Raul’s photo-clip.
Letra: Sylvio Passos 2004
Arranjo/Interpretacao: Caverna 2006
Video edited by S.Passos

Muitas vezes Raul você faz falta
Eu sempre a me queixar da solidão
Quem me fez com ferro fez com fogo
Raul, é pena que você não está mais aqui não
Vou pro meu trabalho todo dia
Com a certeza que dou o melhor de mim
Quando quero relaxar eu bebo
Raul, as coisas ainda não estão tão bem assim

Toda vez que eu ouço os teus filhos
Ou me perco todo em teus versos
Eu penso em você meu grande amigo
Que sempre me mostrou Eu Mesmo
Raul onde você vai eu também vou
Raul onde você vai eu também vou
Mas tudo acaba onde começou

Tentei lhe ensinar as minhas coisas
Que minha vida era séria e minha família dura
Mas, não pude calar a minha boca, Raul
E ainda estou a viver minha loucura
Lembro Raul aqueles velhos dias
Quando nós dois falavamos sobre Dr. Dom Sigismundo
Hoje você está em outro planeta
E eu continuo te divulgando pelo mundo
Raul onde você vai eu também vou
Raul onde você vai eu também vou
Mas tudo acaba onde começou

Todos os nossos sonhos são iguais
Alguns conduzem à glória outros à perdição
Há tantos caminhos, tantas rotas
Mas o mundo ainda está sem direção
Eu queria muito lhe rever
E resolver aquele SAVE OUR SOUL
E tudo mais que tenha a ver com nosso universo, Raul
Mas esse momento ainda não rolou.

Raul onde você vai eu também vou
Raul onde você vai eu também vou
Mas tudo acaba onde começou
É que tudo acaba onde começou
Meu amigo Raul

Sylvio Passos 29/06/2004

Raul Rock Club
Raul Seixas Oficial Fã-Clube

Um Blues Para Raul
(Araújo & Passos)
Putos BRothers Band

E foi há muito tempo
Que você nos deixou pra trás
E tudo que aqui você fez
Sei que ninguém fará jamais

Sei que beberei, beberei
Lembrando de tempos atrás
Imaginando você no céu
E o nosso delírio não se desfaz

Porque eu também estarei no céu
Eu também estarei lá
Porque eu também estarei no céu
Nunca mais irei voltar

E quando minha hora chegar
Eu para trás não vou olhar
Nada terá nenhum valor
Nem vou lembrar do que restou

E aquela velha luz
Que me cobravam o tempo inteiro
Ninguém mais para seguir
Os meus longos e velhos passos

Porque eu também estarei no céu
Eu também estarei lá
Porque eu também estarei no céu
Nunca mais irei voltar